O silencio dos livros

O Silêncio dos Livros de Fausto Panicacci

O que seria da humanidade sem um de seus maiores símbolos? Fausto Panicacci traz a resposta em “O Silêncio dos Livros”, novo best-seller da Amazon

Imagine uma sociedade em que os livros estão definitivamente proibidos e, caso alguém tenha contato com algum, é preso. Um grande absurdo! Mas, ao mesmo tempo, uma fantasia muito real. É só olhar em volta. No passado e também no presente, em algum momento da história, a censura aos livros aconteceu. Este cenário é descrito pelo escritor best-seller da Amazon Fausto Panicacci em O Silêncio dos Livros, uma distopia que narra o mundo sem livros, liberdade de expressão e conhecimento.

Com uma escrita cuidadosa, poética e cheia de importantes referências à literatura, Fausto apresenta o misterioso Santiago Pena, que, ao chegar a Portugal, conhece Alice, uma garota desprezada pelos pais, mas com um modo único de ver o mundo. A “menina”, como é chamada, encontra um antigo caderno e, secretamente, o mantém a salvo, mas por pouco tempo.

O conteúdo do manuscrito é um mergulho na vida de Hilário, um jovem aspirante a arquiteto que se envolve numa briga de bar, que resulta na morte de um rapaz. Acusado de um crime que alega não ter cometido e oprimido por um sistema que busca rastrear um possível “gene criminoso”, Hilário encontra António, editor que contrabandeia livros do Brasil para Portugal. As histórias de Alice, Santiago, Hilário e António interligam-se à de Elizabeth, fotógrafa que luta para que a lei que proibiu os livros não afete também a fotografia. Juntos, eles arriscam a liberdade para manter um perigoso segredo.

Em meio à trama, Fausto abre uma profunda discussão sobre a tentativa de controlar a arte, o pensamento e a criatividade das pessoas. Temas da atualidade, como o impacto da tecnologia nas relações interpessoais, a engenharia genética e a identidade virtual, a exploração de temas universais, como grandes paradoxos da condição humana – culpa, amizade e redenção – também estão presentes neste livro recheado de suspense e aventura.

O sucesso da obra é também embasado em números. Fausto alcançou o título de best-seller na categoria realismo mágico na Amazon e chegou entre os seis mais vendidos em ficção literária da plataforma. A obra recebeu dezenas de resenhas críticas positivas e homenagens, e o escritor foi entrevistado por grandes veículos de imprensa. A coroação do bom momento veio com a reedição impressa e digital, com uma nova capa, diagramação e fotografias, além de traduções para o inglês e o espanhol e da comercialização em Portugal (um dos cenários do livro), Estados Unidos, Inglaterra, México, Espanha e Austrália, entre outros países.

Ficha técnica:
Título:
O Silêncio dos Livros
Autor: Fausto Luciano Panicacci
ISBN: 978-65-901612-0-8
ASIN: B07YZL4SQ4
Formatos: físico e digital
Páginas: 312 (físico) / 397 (e-book Kindle)
Link de venda: https://amzn.to/2RPfQzv

Sinopse da obra: TER LIVROS É CRIME. DENUNCIE. Numa época em que os livros são proibidos, o misterioso Santiago Pena acaba de chegar a Portugal, onde conhecerá Alice, menina desprezada pelos pais. O encontro de um antigo caderno trará questões intrigantes. Que relação haveria entre um jovem acusado de crime que alega não ter cometido, suntuosos projetos arquitetônicos e a descoberta de uma biblioteca abandonada? O Silêncio dos Livros é uma declaração de amor à Literatura. Romance para ser saboreado não só pelo enredo recheado de tensões e suspense, mas também pelos detalhes de construção, insere-se na melhor tradição da cultura ocidental, com sutis menções a livros, poemas e vinhos, a mitos clássicos e folclore, a obras de arte e teorias científicas, além de enveredar por grandes discussões da contemporaneidade, como privacidade, identidade, genética e direito ao esquecimento. Manejando uma linguagem precisa e poética, o autor cria metáforas surpreendentes, explora recursos estilísticos e sabe convidar o leitor a desvendar sentidos apenas sugeridos.

Sobre o autor: Fausto Luciano Panicacci é Doutor em Ciências Jurídicas pela Universidade do Minho (Portugal). Formado em Direito (Largo São Francisco, USP), estudou Fotografia, História do Cinema e História da Arte. Além de O Silêncio dos Livros (romance), é autor de Naufrágios (coletânea de contos e poemas), e de obra jurídica. Promotor de Justiça e escritor, foi professor de pós-graduação no GVLaw da FGV/SP. Integra os grupos literários “O que restou” e “Library”.

Comentários Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.