Nova Iorque não Pára – Parte I

img_3005Nova Iorque é a cidade mais populosa dos Estados Unidos, assim como São Paulo é conhecida como o bol$o do Brasil, Nova Iorque é considerada o bol$o do mundo, nela está localizado o principal centro financeiro mundial, assim como a sede da Organização das Nações Unidas.

A cidade é dividida em 5 *boroughs: Manhattan, Brooklyn, Queens, Staten Island e Bronx, todos inteligados por um sistema de transporte público eficiente, capaz de movimentar cerca de 18,7 milhões de habitantes.

Em Nova Iorque a pior opção é andar de carro, quando for visitar a cidade faça como os Nova Iorquinos, utilize o metrô, na maioria das estações há mapas nas cabines de bilhetes. Os ônibus também são eficientes, basta verificar o horário em que passará na ponto mais próximo de onde você estiver localizado, você pode conferir os horários online, acessando o

Alguns pontos turísticos não podem escapar como a Estátua da Liberdade, que ao meu ver deixa muito a desejar, em relação ao tamanho, para quem já conheceu o Cristo Redentor, Empire State Building, Times Square, Rockfeller Center, Terminal da Grand Central, Catedral de Saint Patrick, Soho , Chinatown, Little Italy, Harlem, SouthStreet Port, Central Park entre outros.

Apesar dos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001, a cidade é bem segura, com policiamento que difere e muito do conhecido por nós moradores e/ou visitantes das grandes metrópoles brasileiras, se você não estiver cometendo nenhum crime, a polícia não irá incomodá-lo e se precisar de informação eles irão ajudá-lo.

Táxi amarelo você irá encontrar apenas em Manhattan, nos outros boroughs as cias de táxis possuem carros pretos e sem taxímetro, para saber quato irá custar você pode perguntar para a cia de táxi ao ligar para chamar um carro ou ao parar o carro na rua, você pergunta ao informar o destino.

Com muito dinheiro você irá se comprar muito e com pouco dinheiro você ainda consegue comprar muito, essa é uma das maravilhas da Grande Maçã. Em Chinatown você consegue pechinchar, a lei da barganha funciona que é uma maravilha, em todos os bairros há lojas de 0,99centavos, onde você compra desde produtos de limpeza, passando por alimentos, utensílios domésticos, álbuns, capas de cd, entre outros, o verdadeiro sonho de consumo de bobagens e não tem como entrar e gastar pouco, a não ser que você tenha pouco dinheiro na carteira, já que a maioria não aceita cartões de crédito.

Aos amantes de fotografia o melhor lugar para conhecer é a B&H Photo Vídeo, uma loja especializada em equipamentos fotográficos e de vídeo. Quem gosta de tecnologia em geral não pode deixar de conhecer a J&R Music & Computer World localizada em Manhattan, ainda há opções como a Best Buye Radio Shack espalhadas pela cidade. Os amantes de coisas para o lar como material de construção, ferramentas em geral, lustres e afins não pode deixar de conhecer a Home Depot.


Já que o assunto é compras, aqueles que curtem decoração não podem deixar de passar pela Bed Bath & Beyound, o sonho de consumo de qualquer mulher. Querendo comprar brinquedos não há nada melhor do que a Toys”R”Us e todo músico quando está em Nova Iorque não deixa de dar uma passadinha na Sam Ash Music.

Na próxima quarta-feira vou falar um pouco mais sobre os lugares e passeios que podem ser feitos gastando muito ou pouco por Nova Iorque nunca para.

Aos 30&Alguns, pergunto quais são as suas dicas e aproveito para informar que esse post foi publicado originalmente no blog Nossa Via.

* crédito da foto: Veridiana Serpa

Facebook Comments

1 comentário


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.