Liderança – por onde começar?

Por Bia Nóbrega

Vamos refletir um pouco sobre Liderança?

Você é um Líder – de Você Mesmo, antes de qualquer coisa, e provavelmente de outros em um ou mais contexto

Por Bia Nóbrega*

Vamos refletir um pouco sobre Liderança?

Você é um Líder – de Você Mesmo, antes de qualquer coisa, e provavelmente de outros em um ou mais contextos.

Se você é “Contribuidor Individual” – profissional que tem seus próprios desafios, aprende continuamente para superá-los e entrega seus resultados, não faz gestão de outros profissionais, mas faz sua autogestão.

Liderar suas próprias emoções, gerir seu tempo e suas tarefas, solucionar seus próprios problemas e se automotivar são algumas das suas responsabilidades como Líder de Si.

Agora, se em um ou mais contextos você já necessita liderar outros profissionais para fazer as coisas acontecerem, prepare-se, pois é como manipular uma “máquina de garra” para apanhar prêmios no parque de diversões. Seria mais fácil usar as suas mãos, mas o jogo não é mais este!

Se você já era MUITO BOM em atividades de grande complexidade, provavelmente ao ter seu primeiro time tenderá a relutar em colocar o “seu” trabalho nas mãos de outros, passando “apenas” a liderar o time.

Se não se cuidar, vai se gabar “o quão bom era” e continuará gastando seu tempo resolvendo os mesmos problemas em vez de deixar que os seus colaboradores os resolvam e assim aprendam na jornada.

Agora, se quer se desenvolver como líder, comece por estas três reflexões:

. O que precisa ser feito? Alinhe expectativas com seus chefes e pares e atribua atividades corretas às pessoas certas e as deixe trabalhar;

. Como estar a par das atividades sem atrapalhar? Escute (contrário de falar sem ouvir), aconselhe, encoraje, obtenha recursos, elimine barreiras e compartilhe informações;

. Como desenvolver redes de apoio? Ganhe a confiança 360 graus – chefes, pares, colaboradores e clientes precisam estar ao seu lado.

E não se desespere, pois líderes naturais são tão raros quantos atletas naturais, mas com treinamento e desenvolvimento é possível ir além!

*Bia Nóbrega é Diretora de RH da Inmetrics

s.

Se você é “Contribuidor Individual” – profissional que tem seus próprios desafios, aprende continuamente para superá-los e entrega seus resultados, não faz gestão de outros profissionais, mas faz sua autogestão.

Liderar suas próprias emoções, gerir seu tempo e suas tarefas, solucionar seus próprios problemas e se automotivar são algumas das suas responsabilidades como Líder de Si.

Agora, se em um ou mais contextos você já necessita liderar outros profissionais para fazer as coisas acontecerem, prepare-se, pois é como manipular uma “máquina de garra” para apanhar prêmios no parque de diversões. Seria mais fácil usar as suas mãos, mas o jogo não é mais este!

Se você já era MUITO BOM em atividades de grande complexidade, provavelmente ao ter seu primeiro time tenderá a relutar em colocar o “seu” trabalho nas mãos de outros, passando “apenas” a liderar o time.

Se não se cuidar, vai se gabar “o quão bom era” e continuará gastando seu tempo resolvendo os mesmos problemas em vez de deixar que os seus colaboradores os resolvam e assim aprendam na jornada.

Agora, se quer se desenvolver como líder, comece por estas três reflexões:

. O que precisa ser feito? Alinhe expectativas com seus chefes e pares e atribua atividades corretas às pessoas certas e as deixe trabalhar;

. Como estar a par das atividades sem atrapalhar? Escute (contrário de falar sem ouvir), aconselhe, encoraje, obtenha recursos, elimine barreiras e compartilhe informações;

. Como desenvolver redes de apoio? Ganhe a confiança 360 graus – chefes, pares, colaboradores e clientes precisam estar ao seu lado.

E não se desespere, pois líderes naturais são tão raros quantos atletas naturais, mas com treinamento e desenvolvimento é possível ir além!

*Bia Nóbrega é Diretora de RH da Inmetrics

Facebook Comments
Curta nossa página 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.