Karla – o filme

Fiquei de cara quando assisti esse filme, aliás, estava mudando de canal, sabe quando você não tem nada para fazer e fica com o controle remoto na mão mudando os canais freneticamente, o que sempre me lembra um primo que quando era pequeno, conseguia irritar a todos, porque ele nunca parava em nenhuma estação de rádio, o locutor não podia falar que ele mudava a estação…

Depois de tanto procurar, acabei colocando no filme, que estava começando, deitei na cama, peguei um pacote de biscoito e a sessão estava começando. Consegui assistir até o fim e fiquei chocada. Chocada com a frieza dessa mulher, chocada por existir pessoas assim no mundo (como pude me esquecer, Bagdá é aqui) .

Percebi novamente que realmente dependendo de quem cruze o nosso caminho podemos nos tornar um nada, um lixo … ainda há seres humanos extremamente perturbados, soltos no mundo.

Aos 30&Alguns vejo que a cada dia que passa temos que tentar nos preservar ao máximo, ter cuidado com quem falamos, aonde andamos, porque o ser humano, quando quer ser perverso, consegue ser o pior dentre todos os animais. Não mata para saciar a fome e sim por puro e mero prazer.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.