Cuidados na hora de fazer a barba

Abaixo algumas dicas da empresa Marco Boni e do barbeiro Douglas da Mota para manter a barba bem-feita e aparada, mesmo para quem é adepto aos estilos da atualidade como a curta, “por fazer”, ou mais longa, do jeito lenhador ou “lumberjack”.

  • Desenho certo para cuidar da barba – muito importante definir onde começa e termina. Segundo o barbeiro, escolher o modelo errado pode-se acentuar algumas imperfeições. Mantê-la aparada é fundamental, não deixando os pelos do pescoço emendando com os do peito e da bochecha grudando na sobrancelha. Ao aparar os pelos crescem de forma mais uniforme.
  • Produtos específicos para a barba – o local acumula muitas impurezas, por isso são necessários alguns cuidados. Como a região costuma ter a pele muito mais oleosa, quem tem tendência a ter espinhas, pode aumentar a quantidade. Lave a barba com shampoo específico, ao menos duas vezes por dia para diminuir as espinhas, proteger a pele por baixo dos pelos com uma fórmula PH anti-coceira. Produtos como óleos para barba e ceras para bigode hidratam os pelos e promovem o aspecto saudável. Não esqueça dos acessórios como pentes, réguas de barba e pinceis.
  • Não deixe o bigode cobrir a sua boca – devido a sua posição, mantém contato direto tanto com a boca e com os alimentos consumidos, por isso, tende a acumular muita sujeita durante todo o dia. Para evitar, apare sempre os bigodes. Se a barba for mais longa, o melhor é pentear o bigode sempre para baixo e aparar na linha do lábio.
  • Mantenha a barba aparada – apare frequentemente os pelos. Nem todos os fios crescem na mesma velocidade e nem no mesmo sentido. É de extrema importância sempre aparar a barba a partir das orelhas para baixo na direção do pescoço. As barbas curtas devem ser aparadas a cada duas semanas, mais ou menos, enquanto as longas podem ficar mais tempo sem esse corte, de três semanas a um mês. Assim como os cabelos, as barbas podem ser modeladas.
Facebook Comments
Curta nossa página 😉
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.