Coração Alerta: você já parou para pensar sobre o infarto agudo do miocárdio?

A SBHCI – Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista – e a SBC – Sociedade Brasileira de Cardiologia – uniram-se para promover a Campanha Coração Alerta, que visa informar a população sobre o infarto agudo do miocárdio, “consequência da obstrução de uma artéria coronária por um coágulo de sangue sobre a placa de gordura que estava em sua parede, impossibilitando assim, que uma quantidade suficiente de sangue chegue até aquela área do músculo cardíaco. Esta porção do músculo cardíaco sofre um processo de morte celular e necrose, podendo levar à morte súbita ou à insuficiência cardíaca que acarreta limitações físicas até a recuperação do quadro clínico”.

“No Brasil, segundo estimativa do Ministério da Saúde, ocorrem cerca de 300 mil infartos por ano, provocando cerca de 80 mil mortes anualmente. Muitas mortes ou sequelas irreversíveis poderiam ser evitadas, se o infartado recebesse os primeiros socorros de maneira adequada e tivesse a sua artéria coronária desobstruída por medicamentos (trombolíticos) ou através da angioplastia coronária o mais rápido prossível. Esta última é altamente efetiva e se caracteriza pela desobstrução mecânica através de cateteres.”

“Dentre os fatores de risco que podem levar uma pessoa ao infarto estão o diabetes, o tabagismo, a hipertensão arterial, histórico familiar de problemas coronarianos, alto índice de colesterol, sedentarismo, obesidade, ansiedade e o estresse emocional.”

Para saber mais sobre o infarto do miocárdio visite o Portal Coração Alerta, a fanpage da campanha no Facebook , siga-os no Twitter @CoracaoAlerta.

Comentários Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.