alimentação nutritiva

Como incentivar a alimentação nutritiva saudável nas crianças

Chamar os pequenos para participar da montagem da refeição e apresentar os alimentos de forma lúdica são algumas das recomendações

É fato que bons hábitos se formam na infância. E dependendo dos costumes alimentares das famílias, inserir alimentos saudáveis e nutritivos na rotina das crianças pode ser uma tarefa um pouco árdua. Mas com esforço, criatividade e dedicação, fica tudo mais fácil.

Muitos pais encontram dificuldades em fazer com que os filhos entendam porque ele precisa comer alguns alimentos nutritivos que não agradam tanto ao paladar dos pequenos. Principalmente quando eles vão à cantina da escola, onde existem milhares de opções de lanchinhos ultraprocessados. A educação alimentar começa desde cedo e é essencial para que eles cresçam fortes e saudáveis!

Para auxiliar nessa empreitada, Ana Maura, desenvolvedora de produtos da Boali, separou algumas dicas para ajudar os pais a incorporar a alimentação nutritiva no prato das crianças.

O primeiro passo é criar um universo lúdico e divertido, a recomendação é criar pratos que despertem o interesse pela refeição e a deixam muito mais gostosa, como formar rostinhos alegres utilizando ovos, rodelas de tomate e pão de forma.

Outra dica muito importante é que os pais ou responsáveis sejam o exemplo que eles desejam para os filhos. Isso significa que é preciso comer de tudo, ou quase tudo, sem fazer cara de aversão para determinados alimentos. Se as crianças veem os adultos negando verduras e frutas, elas são capazes de repetir esses padrões e ter uma alimentação pobre em nutrientes.

Na hora de montar uma salada de frutas, de legumes e verduras, enfim, qualquer prato, chame as crianças para ajudar. Desta forma, elas sentirão mais vontade de provar a comida e será mais fácil incentivar o consumo de alimentos saudáveis. Além disso, essa atitude também estimula o senso de responsabilidade e a criatividade nos pequenos.

Procure sempre despertar a curiosidade das crianças sobre diferentes tipos de alimentos. Apresente frutas, legumes, sanduíches e até saladinhas. Vale lembrar que é preciso ser o exemplo para eles, portanto, experimente na frente deles, dizendo o quanto é saboroso e necessário para dar mais força para brincar com os amiguinhos e ir bem na escola. Faça uma ligação das vantagens dos nutrientes com o mundo lúdico que vivenciam e perceberá mais rapidamente como é possível transformar os hábitos por meio de uma alimentação variada e rica.

O que os pais podem fazer para estimular a curiosidade das crianças para os alimentos certos e confiarem nas escolhas que farão para o seu futuro? Confira abaixo, cinco dicas do que e como fazer com Débora Sasdelli, nutricionista da Nutrebem, fintech de conta digital para cantinas escolares com acompanhamento profissional.

Vamos às compras!

A primeira e melhor forma de começar o incentivo é despertando o interesse das crianças pelos alimentos durante a compra de supermercado ou feira. Mostrar as formas, cores, texturas e “sonhar” com a preparação daquele alimento juntos, instiga os pequenos em todos os pontos de seu desenvolvimento infantil.

Mãos na massa!

Cozinhar com os filhos é a melhor maneira de estimulá-los e cultivar bons hábitos, fazendo com que conheçam os alimentos e sintam o prazer do momento ao lado dos pais, criando também uma memória afetiva.

Hora de comer!

O momento de montar o prato é o ideal para despertar o interesse das crianças pelo mundo de cores e texturas, principalmente de verduras, legumes e frutas. É importante também estimular a percepção da própria criança em relação ao quanto ela vai comer de acordo com a fome daquele dia, daquele momento. Para que a criança saiba se guiar do quanto ela precisa naquele momento, de qual a quantidade ideal pra ela naquela refeição, sabendo trabalhar e respeitar a saciedade.

Tira a mesa, põe a mesa!

Esse ritual é constante na vida de um adulto e por isso mesmo é importante ensinar aos filhos que ele também faz parte da refeição ideal, com o local limpo e se preparando para uma deliciosa refeição em família.

Conversar com a cantina!

A melhor forma de checar o que seus filhos estão comendo na escola, é através de aplicativos que mostram o valor nutricional dos itens da cantina e assim conversar com a escola sobre o cardápio oferecido – se não for do seu agrado. É possível também personalizar o cardápio conforme a necessidade, possibilitando assim uma conversa maior entre pais e filhos.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.