Quando eu era criança sempre me encantou ver embarcações desaparecerem na linha do horizonte, até onde meus olhos podiam enxergar. Pra ser sincera, até hoje me encanta, mas já não mais o faço. Acreditava que elas sumiam para sempre, via como criança, com beleza e imaginação e pensava que aliRead More →

No dia 17/02/2007 eu escrevi aqui no blog, o texto “Seriam os amigos uma extensão da nossa família?”, e nessa última semana, nos últimos dias e em especial ontem, tenho apenas a agradecer a Deus, a quem muitos chamam de energia, força maior, por ter amigos, por ser amiga eRead More →

Eu já havia escrito algumas vezes aqui sobre o dilema ou mais precisamente a baderna que havia se instalado toda sexta-feira na minha rua que sempre foi bem tranquila e  digo isso com conhecimento de causa já que a residência onde moro está na minha família desde 1946. Como, infelizmenteRead More →

Antes de termos filhos, mesmo durante a primeira gravidez, não temos a menor noção da trabalheira gostosa e super cansativa que está por vir. Quando estava grávida e ouvia das amigas que já eram mães para aproveitar e dormir bastante, não conseguia compreender ao fundo o que elas queriam dizer.Read More →