Se os meus pais tivessem nascido nos EUA, teriam tido que sentar no fundo do ônibus. Meus pais nasceram no Brasil e foram algumas sentenas de vezes direcionados para o elevador de serviço. Se os meus pais tivessem nascido nos EUA, teriam que ter estudado em escolas para negros. MeusContinue lendo →

Não é novidade para ninguém que a cidade que um dia já foi maravilhosa, está largada, jogada as traças, é tanto disparate, tanta falta de respeito, do governo com a população e da prória população entre si. Dirigir é uma guerra, uma batalha diária, onde você tem que ficar atentoContinue lendo →

das férias da infância de ir para o Hotel Fazenda de chupar diplik (não sei se é assim que se escreve) da minha mãe chegar com vinis do Balão Mágico, colocar bem alto e ficar dançando com a gente na sala de andar de bicileta de colocar as bonecas noContinue lendo →