[TV] A Rainha da Cocaína com Catherine Zeta-Jones

[TV] A Rainha da Cocaína com Catherine Zeta-Jones

O LIFETIME apresenta com exclusividade A Rainha da Cocaína (Cocaine Godmother: The Griselda Blanco Story), que conta a história real de Griselda Blanco, a traficante colombiana mais reconhecida no mundo das drogas que, de forma poderosa e impiedosa, comandou o tráfico de cocaína nos Estados Unidos, interpretada pela atriz ganhadora do Oscar e do prêmio Tony, Catherine Zeta-Jones.

Com mais de 10 milhões de telespectadores em sua estreia nos Estados Unidos, A Rainha da Cocaína é uma história baseada na fascinante vida de Griselda Bbanco, conhecida como “A Madrinha”, que foi líder do cartel de Medellin, uma pioneira no tráfico de drogas e que participou das guerras dos vaqueiros da cocaína (Cocaine Cowboys), em Miami, no final de década de 1970 e começo da década de 1980. Contado através dos olhos de seu filho mais novo, Michael Corleone Blanco, o filme apresenta a história de Griselda, desde que, aos 17 anos, entrou nos Estados Unidos com um passaporte falso, suas estratégias de narcotraficante, entre elas, utilizar belas mulheres como mulas para contrabandear drogas da Colômbia para os EUA, até se tornar a verdadeira Rainha da Cocaína.

 Além do papel principal interpretado por Catherine Zeta-Jones, A Rainha da Cocaína é protagonizada por Jenny Pellicer, como sua amante Carolina; Juan Pablo Espinosa, o segundo marido de Griselda, Alberto; Raúl Mendez, seu terceiro esposo, Dario; Alejandro Edda, seu matador Rudy; Matteo Steffan, seu filho Dixon; Spencer Borgeson, seu filho Osvaldo; José Jillian, seu filho Uber; e Warren Christie, como o agente da DEA Jimmy.

 Morando no Queens com seus três filhos, Griselda se sentiu atraída pelo dinheiro oferecido pelo mundo das drogas e rapidamente se envolveu com os traficantes locais. Griselda organizou o uso de mulheres charmosas, idosos e crianças como mulas, e criou malas com fundo falso para contrabandear cocaína da Colômbia. Com muito dinheiro fácil, seus filhos abandonaram a escola para ingressar no negócio da família. Griselda era extremamente próxima de seus filhos, que foram fundamentais para ajudar a construir seu império. No entanto, aos 36 anos, Griselda, cujo patrimônio excedia os 100 milhões de dólares, teve de lutar contra a saudade, a insegurança e a paranoia.

 Posteriormente, Griselda se mudou para Miami, onde encontrou a oportunidade para expandir ainda mais seu império, o que levou à morte de seu segundo marido Alberto (Juan Pablo Espinosa), dando origem ao seu apelido: A Viúva Negra. a vontade dela de utilizar violência contra seus concorrentes de Miami fez com que seus inimigos tentassem de tudo para obter sua cabeça. Por isso, Griselda se mudou para a Califórnia, para escapar das tentativas de assassinato e manter o jovem Michael a salvo.

 Em 1985, Griselda foi presa por agentes do DEA em sua casa, sem direito a fiança e condenada a mais de uma década de prisão, de onde continuou gerenciando seu negócio de cocaína. em 2004, ela foi solta e deportada para a Colômbia, onde foi assassinada a tiros na rua, em plena luz do dia, executada em um tipo de assassinato que dizem ter sido inventado por ela: o assassinato de moto.

 

Estreia : 11/04, quarta-feira, 22h

A Rainha da Cocaína (Cocaine Godmother, 2017, EUA)

Gênero: drama biográfico

Direção: Guillermo Navarro

Elenco: Catherine Zeta-Jones, Jenny Pellicer, Alejandro Edda, Isabella Sierra

Classificação indicativa: 16 anos

*Reapresentação dia 14/4, sábado, 22h

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.