Todo tipo de gente

Todo tipo de gente

Na minha família tem gente Feliz!

Na minha família tem gente que se ama, e mesmo assim, às vezes sente raiva, mas uma hora passa. Tem também, gente que chora por qualquer coisa, e tem gente que nunca chora, pelo menos não na frente de outros. Tem gente que faz rir, tem gente que fere com palavras, mas depois se arrepende e pede desculpas. Tem gente que luta pelos seus direitos, mas me envergonho em dizer, tem gente racista. Tem gente heterossexual, homossexual, bissexual, e tem até metrossexual, só não vi ainda pansexual, mas se tiver também, que saia do armário e seja feliz. Pois é isso que importa no final de tudo!

Na minha família, tem gente que adora se cuidar, mas também tem gente que em algum ponto de sua vida não gostava de tomar banho. Na minha família tem gordinho, tem magrinho, tem sarado, tem barrigudo. Tem também, negro, branco, índio, cafuzo e mameluco. Na minha família tem agregados, tem laços de sangue e de matrimônio, tem laços de vida, tem gente divorciada, solteira, juntada e tem brasileiro mas não podemos esquecer dos gringos!

Na minha família tem gente que é católico apostólico romano, e tem macumbeiro, também tem o ateu, não posso esquecer-me dos evangélicos, e os cardecistas também se fazem presentes, e tem até aqueles que não seguem nada específico e acreditam em um pouco de cada coisa. Tem gente que acredita em vida extraterrestre, tem gente que morre de medo, tem gente que não tem opinião formada. Tem intelectual com doutorado e tem gente que não terminou o ensino fundamental. Na minha família, tem gente que adora esporte, mas também tem gente que não sai de casa. Tem gente que adora programas culturais, e tem gente que adora sair todas as noites. Tem flamenguista, tricolor, botafoguense, vascaíno e tem até gente que torce pelo America. Lá também tem gente, que cozinha muito bem, tem gente que tenta, mas nunca consegue. Tem gente que samba, tem gente que nem sabe dançar, tem artista e tem gente tímida de quase não falar. Na minha família tem bebum e tem gente que não coloca uma gota de álcool na boca, tem gente que já foi alcoólatra, viciado em jogo, viciado em drogas, não necessariamente a mesma pessoa, mas se tratou e ficou curado. Na minha família tem gente que calçou o primeiro sapato aos 16 anos de idade, tem gente que o primeiro sapato foi um ‘Nike’. Na minha família tem estivador e tem doutor, tem técnico em telecomunicações e tem pedagogo, tem professor e tem estudante, eternos estudantes! Tem gente que é realizado e tem gente que é frustrado. Na minha família tem gente que ganha bem e tem gente que ganha mal. Tem pintor e tem cantora, tem arquiteto e engenheiro, tem agente de viagens e tem aeroviária, tem dona de casa e caminhoneiro, tem médico e enfermeiro, tem secretária e diretor, tem empregador e desempregado.

Na minha família tem gente loira e tem gente morena. Tem gente de cabelo crespo, de cabelo liso, tem ondulado e até raspado. Tem gente de olho azul, olho verde, olho mel, olho que muda de cor, tem até cachorro como um olho castanho e outro azul. Tem gente que usa cueca box, tem os da samba canção, tem os que nem usam cueca, tem também os do ceroulão, tem as do calçolão e as do fio dental, de tudo um pouco, até tudo ‘normal’. Tem gente que viaja todo ano, tem gente que não entra em um avião nem amarrado. Tem gente que faz rally. Na minha família tem gente que anda de cadeira de rodas. Tem gente que só anda sobre rodas, até para ir à padaria. Tem gente que pega o busão, tem gente que caminha para emagrecer. Na minha família tem gente que mora fora do país, e tem gente que mora no interior. Tem vários tipos de sotaque e tem gente que é poliglota, contudo, tem gente que mal fala nosso bom e velho português.

Na minha família tem gente de bem, mas tem gente que erra e toma decisões descabidas. Temos também gente que adora cheiros, tem gente que adoro gostos, tem gente que pega em tudo, tem gente que observa tudo. Tem gente que ama música, tem os que gostam de clássico, os do rock, os do jazz, tem até os que gostam de axé e pagode. Tem gente noveleira, tem os cinéfilos, e tem os que nem assistem televisão, tem muita gente que adora ler um bom livro. Na minha família tem gente que coleciona arte, que usufruiu das técnicas de meditação, em contra partida tem gente xucra, que fala muito palavrão. Tem gente que faz discurso para multidão. Tem gente sem um dente na boca, tem gente que parece que saiu de um comercial dental, com dentes alvos e perfeitos que parecem ter sido esculpidos. Na minha família tem gente que está doente e tem gente com saúde, tem gente que morreu cedo e os que foram à longevidade, tem gente que morreu de morte morrida e tem gente que morreu de morte matada. Na minha família tem velhinho e tem bebê. Tem gente inteligente e gente chata, tem gente otimista, mas tem gente que é desconfiada. Na minha família tem exilado e tem covarde, tem os românticos e os que fingem não ser. Tem patricinha, tem nerd, tem engravatado, tem emo, tem gente relaxada, tem surfista, tem gente descolada, até os cult estão por lá, sem esquecer dos loucos.

Na minha família tem muito mais tipos de gente, mas o mais importante é que na minha família tem gente que se respeita, tem gente que não se importa em ser diferente, tem gente que se entende, e aceita os limites do outro, tem gente única e singular, tem gente que só quer participar, tem gente que sabe se desculpar.

Na minha família tem gente feliz que se ama incondicionalmente!

Facebook Comments

7 comentários

  1. Texto mto inteligente! Eu acho q tbm faço parte dessa família……hehehehe

  2. Oi tia Dê!! Claro que faz parte dessa família!!! Saudades mil! Que bom que gostou!!! Bjin=)

  3. Gosto muito das coisas que escreve. Acho você uma inspiração pra todos nós. Bj

  4. Deveras feliz em saber que te alguma forma posso inspirar… Obrigada, Duda! Bjin=)

  5. Adorei!!
    Família multicultural é tudo bjos!

  6. Tem taaanta gente nessa familia. LINDO TEXTO! espero que tambem tenha um
    compositor, para fazer uma musica dessa ‘LETRA’, que ficaria muito bem.
    mas a melhor frase é a última. Gente feliz que se ama incondicionalmente.
    Que inveja!
    Parabéns, pelo texto e pela família extensa e maravilhosa.
    Continue sempre escrevendo. bjin
    José

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *