Acho que por sermos um povo latino muitas vezes tentamos mostrar empatia e compreensão com os problemas dos outros sem na verdade entendermos o que a pessoa está passando. Acredito que somente devemos dizer “eu imagino o que você está passando”, se realmente tivermos a condição real de imaginar ocontinue lendo →