Relacionamentos

Relacionamentos

Quando a gente está dentro de um relacionamento seja ele qual for a visão que temos dos fatos mudam. Quando você está solteira(o) a visão da vida é totalmente diferente, principalmente se você nunca se casou, não digo casamento apenas no papel, mas morar junto, apenas o casal, acordar e ir dormir na mesma cama.

Eu lembro que quando era solteira muitas vezes tinha uma visão completamente distorcida de relacionamentos, muito longe do que é a realidade da vida a dois e percebo hoje em dia em vários amigos solteiros um pouco dessa visão distorcida, um pouco de uma certa ingênuidade e imaturidade em relação a relacionamentos.

Quando você é solteira(o) e está namorando, por mais que você passe 5, 10, 15 anos namorando a pessoa, sem juntar os trapos, você não pode dizer que sabe o que é um casamento, porque você não tem a mínima idéia. Quando você namora e o seu namorado(a) te enche o saco, você vai para a sua casa, fica na sua, sai com amigos, deixa de atender o telefone…

Quando você é casado, a história é outra, o amadurecimento é outro, como você vai ficar ignorando alguém que vive na mesma casa que você? Que dorme na mesma cama?

Como já havia escrito em um post anterior, há uns meses atrás, tenho notado que muitas pessoas solteiras resolvem se juntar (que no fundo é o mesmo que casar, eu particularmente acho ridículo as pessoas que moram juntas, tem vida de casado e diz que são juntados, por favor amadureçam), e não dura nem dois anos, geralmente no final do primeiro ano ambos já estão pensando em que fazer, onde sair para arranjar outro alguém quando o relacionamento acabar… é uma falta de vontade de fazer funcionar e o pior que geralmente essas pessoas continuam cometendo os mesmos erros em futuros relacionamentos.

As pessoas estão muito preocupadas com o aqui e o agora, talvez porque tudo esteja muito fácil, uma pegação só e o que mais me impressiona é em pleno ano de 2006 perceber que muita gente solteira continua mantendo relacionamentos sexuais sem o mínimo de cuidado em utilizar uma camisinha, a AIDS continua aí, e as pessoas nem aí….

Notei também após ter casado que nós mulheres casadas temos uma certa “união” se é que podemos dizer assim, somos, pelo menos as que eu conheço, extremamente cúmplices de outras mulheres casadas, quer a gente as conheça ou não. Por mais que você tenha uma amiga solteira saindo com um homem casado, no fundo, bem no fundo, você sempre irá torcer pela mulher casada e a sua visão do homem casado saindo com a amiga solteira é completamente diferente da visão que as suas outras amigas solteiras tem dele.

Por isso mulheres e homens prestem atenção no que fazem, porque a minha mãe sempre me ensinou e eu aos 30ealguns tenho certeza que o mundo dá voltas e o que você faz aqui, volta para te pegar lá na frente. Lembre-se disso….

Facebook Comments

1 comentário

  1. COMENTÁRIO TRANSFERIDOS DO ANTIGO 30&ALGUNS QUE ESTAVA HOSPEDADO NO BLOGSPOT:

    Dani F. disse…

    Oi Veridiana…
    adoro ler estes teus textos em que me identifico muito…
    Realmente a vida de casada é totalmente diferente da vida de namorada ou namorida de alguém..encheu..vai dar uma volta. Volte daqui 2 dias..hahaha
    e a gente? No máximo atura uma cara feia..ou diz logo que não gosta disso..e faz as pazes à força..hahaha
    É complexo..ninguém sabe até passar por isso.
    beijos e bom findi
    Quinta-feira, 19 Outubro, 2006

    gorda disse…

    O que falta nao e so maturidade, mas coragem e boa vontade de dar a cara a tapa e resolver os problemas ao inves de fugir,fingir que nao os tem ou ignora-los. E muito mais facil dizer um adeus ,pegar seus trapinhos e sartar fora do q ficar e e enfrentar a vida como ela e. E mais dia menos dia ,independente do tipo de relacao, vai chegar a hora de a pessoa encarar a realiade e comecar a se resposabilizar ,se conscientizar “a fim de saber ( e viver) a verdadeira verdade”, como cantava Cidade Negra la atras. Afinal relacionamento e isso: “hey,hey, estamos ai pro que der e vier”…”
    Domingo, 22 Outubro, 2006

    Aline VV disse…

    Faço minhas as suas palavras… Muito bem escrito. Estava procurando alguma coisa para aliviar o tédio de um dia ruim e cansativo, inlcusive no meu casamento e gostei do que li, é por aí …
    Realmente a vida de casado tem seus altos e baixos e defendo como ninguém a “aliança” que uso, o que faz muita falta para quem somente “junta seus trapos”, nunca vai ter o mesmo peso na hora que alguma coisa der errado, fica fácil de mais e totalmente sem compromisso!
    Casei e tive meu primeiro filho com 18 anos, hoje, dez anos de casada e mais uma filha maravilhosa de três aninhos, ainda acho que tenho muito a aprender…
    Pelo menos hoje já não digo mais “amém” a tudo e aprendi a conquistar o meu espaço…
    Bom, chega de blablabla… bjs.
    Quinta-feira, 08 Março, 2007

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.