A maioria das decisões são feitas inconscientemente

A maioria das decisões são feitas inconscientemente

No livro “Neuro Web Design: What makes them click?” a autora Susan Weinschenk, doutora em psicologia, aborda as tomadas de decisões. Embora pensemos que a tomada de decisão é um processo consciente, deliberada, muito pelo contrário, a maioria das decisões são feitas por meio de processamento mental inconsciente.

Por exemplo, você pensa em comprar uma TV, pesquisa sobre a TV e em seguida vai comprá-la. Apesar de achar que comprou conscientemente, alguns fatores estão envolvidos neste processo, como uma validação social (“Vejo que uma TV particular, tem altas classificações e comentários no website”), um compromisso consigo (“Sou o tipo de pessoa que tem sempre o último lançamento, a mais nova tecnologia”), obrigações ou dívidas sociais que possa saldar com esta compra (“Fui o ano inteiro assistir os jogos na casa do meu irmão, acho que é hora de convidá-lo para vir assistir aqui em casa) e assim por diante.

A tomada de decisão inconsciente não é algo ruim nem irracional, a maior parte do nosso processamento mental é inconsciente, assim como a tomada de decisão. Somos confrontados com uma enorme quantidade de dados, 11.000.000 de pedaços de dados entram no cérebro a cada segundo e nossa mente consciente não pode processar tudo isso. Nosso inconsciente tem evoluído para processar, na maior parte do tempo, a maioria dos dados e tomar decisões por nós de acordo com as diretrizes e regras do nosso interesse . Segunda Susan, esta é a gênese de “confiar na sua intuição”, e na maioria das vezes funciona.

Via.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *