Dicas para ajudar a engravidar

Dicas para ajudar a engravidar

A NUK enviou algumas dicas que podem ajudar as futuras mamães a engravidarem:

1 ) Faça muitos exercícios – Como via de regra, quanto mais saudável for o casal, mais cedo poderá acontecer uma gravidez. Aconselhamos a prática regular de exercícios físicos para manter o corpo em movimento. Corrida, ciclismo e natação ativam a circulação e são excelentes maneiras de eliminar o estresse, o que ajuda a aumentar a fertilidade. Ginástica e uma boa condição física também ajudarão nos meses mais “pesados” da gravidez.

2 ) Dieta Saudável – Alimentos com alto teor de nutrientes e pouca gordura são sempre bons para o corpo, mas são especialmente importantes, pois ajudam nas funções do sistema reprodutivo.

A maioria das coisas que nosso corpo necessita são encontradas em uma dieta balanceada, como vitaminas e minerais presentes em frutas frescas, saladas e vegetais, ou cálcio em iogurte, arroz e suco de laranja. Ferro também é essencial para o fluxo de oxigênio em nosso sangue (carne vermelha, legumes, pão integral), bem como iodo para a tireoide (peixes ou kiwi).

Uma dieta saudável também ajuda a aumentar a qualidade do espermatozoide. O parceiro pode fazer sua parte consumindo muita vitamina C, E e B12. Isso provavelmente não acarretará nenhuma grande mudança no modo de vida dele, já que todas as três vitaminas podem ser encontradas em uma enorme variedade de alimentos.

O ideal é abandonar ou diminuir o álcool e a nicotina e conversar com o médico sobre os planos para tentar ter um bebê antes de tomar medicação. Também já foi provado que a cafeína tem um efeito negativo sobre a fertilidade, mas beber até duas xícaras de café ou chá preto por dia não tem problema.

3 ) Ácido fólico suficiente – O ácido fólico é uma vitamina B que ajuda os processos metabólicos, tais como a renovação de células em geral e das células vermelhas do sangue em particular. Foi comprovado que o ácido fólico ajuda a desenvolver a fertilidade e pode ser encontrado em alimentos como espinafre, tomate e beterraba. Mas comer todos estes alimentos não vai lhe dar todo o ácido fólico que você precisa para a sua gravidez planejada. Seu corpo vai precisar de tanto ácido fólico durante os três primeiros meses de gravidez que é melhor falar com o médico agora, para que ele recomende suplementos de ácido fólico disponíveis nas farmácias.

4 ) O método da temperatura – Quanto mais familiarizada estiver com o seu ciclo menstrual, maior será a precisão para determinar os dias mais férteis. Com o método da temperatura, os resultados podem chegar perto de determinar até mesmo a hora mais fértil.

Basta medir a temperatura, no mesmo horário, todas as manhãs ao acordar. Um aumento significativo na temperatura é sinal de que está acontecendo a ovulação, o que significa que é um bom momento para tentar engravidar. Se continuar a monitorar a temperatura ao longo de alguns ciclos, será capaz de prever o tempo da próxima ovulação com muita exatidão.

O melhor momento para engravidar é nas poucas horas após a ovulação. E se o aumento da temperatura tiver a duração de mais de 18 dias no mês seguinte, os cumprimentos estarão próximos, pois provavelmente o bebê está a caminho.

O Calendário de Fertilidade é também uma maneira fácil de calcular os dias mais férteis.

Importante: O calendário da fertilidade é baseado em uma média simples. Não é recomendado o uso do calendário como um método contraceptivo.

5 ) Exame Médico – É importante fazer um exame completo com um médico de confiança periodicamente – especialmente se há dificuldade em engravidar, apesar das tentativas. Eventualmente isso pode ser devido a razões médicas que podem ser facilmente tratadas.

O mais adequado seria levar o parceiro para um check-up também. De preferência, o médico deverá tirar uma amostra de sangue de ambos para exames. Isso vai mostrar se os hormônios estão equilibrados ou se, por exemplo, os níveis de metais pesados no organismo estão muito altos, reduzindo assim a fertilidade.

6 ) Tente relaxar – O que mais precisa para engravidar, acima de tudo, é muito tempo e diversão com o parceiro. E se não der certo imediatamente, é importante manter a calma. Está provado que a relação sexual apaixonada e romântica é uma maneira muito mais eficaz para engravidar do que o “sexo baseado no calendário”, quando há pressão para que se faça sexo em determinado horário.

Para cerca de 75% dos casais, a espera vai valer a pena em apenas um ano. E este número aumenta para 90% depois de dois anos. Ou seja, as chances de dar boas-vindas a um novo membro da família em um espaço relativamente curto são altas.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.