Como éramos nós duas???

Como éramos nós duas???

No dia 04 de abril de 2006 eu escrevi o texto “Não me lembro“, onde relatava uma série de eventos, acontecimentos, enfim da maior parte dos momentos de nossas vidas que simplesmente não nos lembramos…

Desde que o Adriano nasceu, o não lembrar de certos momentos muito me incomoda, penso diariamente o quanto gostaria de lembrar, nem que fosse por um só instante, como foram esses momentos do início da minha vida nos braços da minha mãe.

É tanto amor que sinto em cada momento, em cada mamada, em cada gargalhada, em cada nova descoberta que acontece na vida dele, que simplesmente me parte o coração saber que ele jamais irá lembrar desses momentos só nosso.

Então a cada espreitada no berço, cada sorriso, cada aperto, cada beijo, cada cantoria… eu penso… como éramos nós duas, minha mãe e eu…

Aos 30&Alguns me parte o coração não lembrar…

Facebook Comments

9 comentários

  1. Que linda ! Não fique triste, você não é a única a não lembrar. O importante é o respeito e amor divididos entre você e sua mama !
    Sorte a sua de tê-la ao seu lado 🙂

    Amo vocês ♥

  2. Fiquei com vontade de chorar…outro dia mesmo minha filha d 10 anos perguntou como era um período de qdo eu era crianças e ñ lembrei d nada,mas fico surpresa com muitas coisas q meus filhos contam,tenho um menino de 8 tbém…eles lembram coisas nossas q eu mesma já esqueci…Não fique triste…tente guardar tudo no coração… >: )

  3. Veri,

    os filhos “esquecem”, mas quando nascem seus bebes, as mães tem, com um sorriso no rosto, a chance de ve-los repetir tudos com os netos…

    Quando o Adriano crescer, e tiver filho dele, vai, sem saber, repetir tudo o que vocês fizeram juntos e vai sentir essa coisa boa que você esta sentindo agora.

    Pensa bem, não parece saudade? Nao parece tão familiar?

    Você é que acha que não se lembra!

    Beijos

  4. Mas ficam os momentos compartilhados por nossas mães. As histórias que elas nos contam de quando éramos pequenos. Mesmo não lembrando creio que acabamos vivenciando o momento em nosso imaginário, principalmente qdo passamos por momentos parecidos com nossos filhotes. 🙂

  5. Veri, sabe p/q as pessoas não se lembram dessa fase da infância?
    é p/q a maior relação mãe e filho é pelo olhar, a gente pode falar mtas coisas mas, o olhar é q diz tudo..
    Mas uma unica coisa eu tenho total consciência …eu te amava mto e, fazia as mesmas coisas q vc faz c/o Adriano.
    A gente sempre teve uma ligação mto forte como mãe e filha.
    Vc lembra q sempre foi tratada como princesinha então, não preciso dizer mais nada.
    Tenha certeza q a história sempre se repete.
    Amo mto tudo isso!!!
    bjinsss no coração!
    Mammiga

  6. Veri

    suas palavras são minhas, mas como não tem como lembrar… vamos viver cada momento intensamente

    mas se vc puder filmar.. coisas comuns do dia a dia, filme, faça pequenos filmes

    o meu mais velho quando completou 15 anos, eu fiz um caderno de recordações pra ele,
    cada foto que pegava eram lagrimas, mas acredite, a emoção maior foi a dele, em saber que viveu cada momento,

    tenho tambem muitos videos dele, aquela cosia, né, primeiro filho, primeiro tudo, passei tds os vhs para dvd, assim não tme como perder estes momentos e podermos lembrar durante anos


  7. Esses Momentos e Sentimentos passados, ficam somente em nossos Coracoes…
    E o Adriano vai saber, que coisas do Coracao, NUNCA SE ESQUECE!!!
    Bjss. Tia

  8. QUERIDA AMIGA DENISE

    QUE EMOCIONANTE LER ESSES PASSOS DA VIDA!
    A VIDA É EVOLVENTE COM AMOR.
    E OS CAMINHOS LEVAM AS MAIS DOCES LEMBRANÇAS!
    ADOREI LER ALGO TÃO BELO.
    ABRAÇOS DA AMIGA DO AMIGO TEMPO…
    AMELIA 21/12/2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.