Combate ao sobrepeso e à obesidade #obesidade

Obesidade é uma doença crônica na qual fatores de predisposição genética se somam a gatilhos ambientais, resultando em ganho de peso corporal com maior percentual de gordura. O Índice de Massa Corporal (IMC) tem sido questionado, pois nem sempre representa o percentual de gordura de um indivíduo nem define o padrão de risco associado à ocorrência de doenças crônicas relacionadas à obesidade.

Porém, para muitas pessoas, a obesidade é delimitada justamente por meio do IMC: um indivíduo com IMC entre 25 a 29,95 é considerado em sobrepeso; igual ou maior que 30, é determinado como obeso e, quando o valor é superior a 40, classificado com obesidade mórbida. Para calcular, basta dividir o peso pela altura ao quadrado (peso dividido por altura x altura).

Considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) um dos maiores problemas de saúde pública no mundo, a obesidade atinge mais de 700 milhões de adultos, sendo que 2,3 bilhões de pessoas estão com sobrepeso. Estima-se que o número de crianças com sobrepeso e obesidade chegue a 75 milhões.

No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, na última década, a quantidade de obesos aumentou em 60%, e a de indivíduos com sobrepeso cresceu 26,3%.

Em 2006, 11,8% da população brasileira era obesa. Em 2016, esse número passou para 18,9%. Um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou que 58,2% das mulheres e 55,2% dos homens estão acima do peso. Esses números alarmantes são decorrentes, principalmente, de fatores econômicos, ambientais e genéticos.

Para combater a obesidade é necessário fazer as refeições com calma, optar por alimentos saudáveis, com menor oferta calórica e  ricos em nutrientes essenciais. Uma dieta diversificada, mastigar os alimentos, dormir e e praticar exercícios físicos também são fundamentais no combate a obesidade.

O sedentarismo é fator determinante para o aumento da obesidade pois gera um ciclo de fadiga, excesso de apetite, e a busca da recompensa por meio de alimentos altamente calóricos.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.