BLOGAGEM COLETIVA – 07.09.07 – Independência – quando? Morte – Basta! Independência ou Morte?!?!

bc070907.jpg
Comemorar a independência ou reivindicar um sistema judicial que funcione, um sistema carcerário que reabilite o cidadão, policiais que cumpram o seu dever ao invés de extorquirem a população, um sistema de educação competente e eficaz que forme jovens capazes de decidir o seu futuro, de ter escolhas e opções, que não estejam fadados a permanecerem fazendo malabares com limões ou bolas de tênis nos sinais de trânsito das cidades brasileiras.

No ano passado foi apresentado o Mapa da Violência 2006: Os jovens do Brasil, que pesquisou o número de homicídios de 1994 – 2004 nas regiões metropolitanas do país, conclui-se:
– taxa de crescimento de 64,5% no interior
– taxa de crescimento de 39,4% nas metrópoles
– entre 1980 – 2004 a taxa de homicídios na população de 15 a 24 anos aumentou de 30 a cada 100 mil jovens para 51,7
– taxa de homícidos na população nas demais faixas etárias entre 1980 e 2004 passou de 21,3 a cada 100 mil jovens para 20,8 no período
– Brasil ocupa a quarta posição (Colômbia, Venezuela, Rússia e Brasil) em uma lista com 84 países, com uma taxa total de 27 homicídios em 100 mil habitantes (incluindo todas as faixas etárias)
– na faixa entre 14 e 16 anos os índices tem apresentado maior crescimento nos últimos anos.
– 93,7% das vítimas são do sexo masculino
– 64,7% das vítimas são negros
– 34,9% das vítimas são brancos
– no Rio de Janeiro ocorre 102,8 homicídios por 100 mil jovens
– em Pernambuco ocorrem 101,5 homicídios por 100 mil jovens
– no Espírito Santo ocorrem 95,4 homicídios por 100 mil jovens
– em Recife ocorrem 223,6 assassinatos por 100 mil jovens

Segundo pesquisa da Organização dos Estados Ibero-Americanos (OIE):
– Entre 1990 e 2006, foram registrados no Rio 118.770 assassinatos nas comunidades carentes
– a taxa de homicídios entre jovens de 15 e 24 anos nessas comunidades (por cem mil habitantes), é três vezes maior que dos moradores das demais localidades da cidade
– houve aumento das mortes chamadas de “autos de resistência”, causadas pela polícia, (2001- 2006 = 5.831 mortos)

A população clama por paz:
Independência é comemorada com movimento pela Paz
Caminhada pede fim da impunidade na Bahia
Pela paz e contra a discriminação
Fiéis voltam a se reunir pela paz em AL
Passeata pela paz reúne 2 mil pessoas em Ceilândia
Comunidade realiza passeata pela paz

Entre tantos outros …

A população tenta se organizar e combater a violência, através de ONGS e instituições:
Londrina Pazeando – http://www.londrinapazeando.org.br
Instituto Sou da Paz – http://www.soudapaz.org
Instituto Nacional de Educação para a Paz e para os Direitos Humanos (INPAZ) – http://www.inpaz.org.br
NSTITUTO RÖERICH DA PAZ E CULTURA DO BRASIL (PAX Cultura) – http://www.roerich.org.br
Intituto Quero Paz – http://www.queropaz.org.br
Viva Rio – http://www.vivario.org.br
Festival Mundial da Paz – http://www.festivalmundialdapaz.com.br
Rio de Paz – http://www.riodepaz.org.br
MOVPAZ – http://winser.pontenet.com.br/movpaz/principal/omovpaz.asp

Entre outros…

Aos 30&Alguns ao invés de celebrar uma falsa independência, o momento pede uma reflexão profunda sobre que tipo de nação somos, que futuro terão os nossos jovens, o que esperar e exigir daqueles que foram eleitos para representar o povo e seus desejos e acima de tudo, refletir a respeito de quantos de nós teremos que morrer até que mudanças significativas sejam feitas nessa nação.

Durante o dia vou atualizando a listagem dos blogs que participam dessa Blogagem Coletiva:
1. Independência ou Morte – banana com peperoncino
2. Sete de Setembro – Varal de Idéias
3. Independência ou Morte! – Rosa 147
4. Blogagem Coletiva: Independência, ou Morte! – Flainando na Web
5. Blogagem Coletiva: Independência, ou Morte! – By Osc@r Luiz
6. Independência ou Morte? – Aletômetro
7. Independência do Brasil: mito ou realidade? – Simetria
8. (In)dependência ou morte – Rapensando
9. 7 de Setembro – Blog do Fábio Mayer
10. Blogagem Coletiva Independência ou Morte – Jus Indignatus por Ricardo Rayol
11. Pátria Amada ??? – Saia Justa
12. Independência ou Morte – Hippos
13. Independência ou Morte – Alvarenga Sempre
14. Sete de Setembro, blogagem coletiva V: aderindo ao “vale-tudo” – Sizenando
15. A INDEPENDÊNCIA BRASILEIRA E A DEPENDÊNCIA DO BRASILEIRO – Blog do Ronald
16. 7 DE SETEMBRO: É NA MORAL – Escritos e Descritos
17. INDEPENDÊNCIA OU MORRA – Blogando Francamente
18. Sete de Setembro – Veines Noires
19. A morte da “Independencia ou Morte” – Login Style @ Web
20. Independência ou morte ?!?! – blog do cejunior
21. Há mesmo o que se comemorar? – S.O.B.R.E.T.U.D.O
22. 185 ANOS DE INDEPENDÊNCIA – Pata Irada
23. Turismo sexual – Caroneiro…
24. “…OU FICAR A PÁTRIA LIVRE OU MORRER PELO BRASIL” – Tel do Brasil
25. Independência ou Morte – Aline Silva Dexheimer, o Blog
26. Independência e Morte. – Adão Braga – Corpo, Alma e Espirito
27. BLOGAGEM COLETIVA – 07.09.07 – Independência – quando? Morte – Basta! Independência ou Morte?!?! – ToZuanu
28. Blogagem Coletiva: 07-09-07. Onde está a Independência? Queremos paz! – coisas do Sanduba
29. Blogagem Coletiva : Independencia… – Cidadão Carioca
30. Blogagem Coletiva – 07.09.2007 – 17:00 hs Todos juntos… – Cenas do Cotidiano
31. Sete do Nove – Parole Parole
31. Independência – Onde esta meu 7 de setembro? – André Neves – Melhoramento Constante
32. Dia da Independência – Sopa de Jiló

Facebook Comments
Comments
  1. Rap

    Opa, pode atualizar…

    Tava percebendo as diferentes formas de abordar a pseudo-independência que vivemos no Brasil…

    Realmente enquanto no Brasil se cresce a violência comemoramos índices políticos com desfiles…

    Raphael, muito interessante ver os diferentes pontos de vista a respeito do tema, mas basicamente sempre encontramos a noção clara da dependência em vários aspectos e da falsa noção de independência… um ótimo feriado … []’s

  2. Querida,

    Sua mais nova amiga aqui é bastante confusa, mas teimosa tb, rs.
    Tô participando novamente e já fiz um bagunça danada, desculpe.
    No meu texto falei de modo particular sobre meu sentir desiludido e esqueci de colocar o link para o Rapensando, já arrumei, lá.
    Blogagens coletivas melhores virão, ok?
    Agora vou por ai, ler o pessoal.
    Aqui, encontro o primor do seu texto tão completo. Obrigada por haver-lo escrito para que eu pudesse ler.

    Bjs

    Nana, fiquei emocionada com seu texto porque me fez pensar a respeito dos milhares de brasileiros que estão perdendo a esperança, eu mesma, tinha tido a idéia da blogagem, feito o banner e adiei para anunciar, por ter batido uma grande falta de esperança no futuro do nosso país, mas refleti e vi que não podemos desistir (pelo menos ainda) … ótimo texto … bjs

  3. Olá Veridiana!
    Dessa vez infelizmente não deu pra eu colocar a boca no trombone também…
    Mas suas iniciativas são sempre ótimas…
    Parabéns…
    Acho uma ilusão pensar e comemorar a independência hoje…

    oi Patrícia, concordo plenamente, []s

  4. Veridiana

    Dessa vez não estou participando da blogagem, e por falar em violência, há duas semanas assiti aqui em BH a um seminário sobre o impacto da violência na saúde. Fiquei estarrecida quando mostraram a progressão da violência, em geral, em MG de 1984 a 2006. Literalmente MG está sangrando; aliás, o Brasil inteiro está. Como trabalho na área da saúde, um dos dados que mais me chamou a atenção é que 72,5% dos funcionários das unidades de saúde do SUS já sofreram algum tipo de agressão (verbal, ofensa, insulto…); 22,2% já sofreram a agressão de fato (tapas, socos…); e 4,3% sofreram, além da agressão física, ameaça com arma de fogo ou arma branca. E a culpa é de quem? Vai ver os errados somos nós que trabalhamos na área de saúde, né?
    Beijos.

    Quando a gente fica de frente com os dados , estatísticas, nos faz pensar ainda com mais preocupação a respeito do futuro do nosso país e como estaremos vivendo, sobrevivendo e convivendo uns com os outros daqui algumas décadas caso nada seja feito agora… bjs

  5. Esta semana aconteceu um caso emblemático aqui em Porto Alegre.
    Uma jovem mãe teve seu carro violentamente roubado por dois bandidos (expressão usada pela imprensa) armados, pasmem, com arma de brinquedo. E, pasmem de novo, um com 16 e outro com doze. A mãe tinha dois filhos menores no banco traseiro, foi arrastada por cerca de 20 metros pq. não pode tirar um dos filhos do carro.
    Os bandidos foram capturados, não sei o que será deles.
    Agora fica uma pergunta: o que estamos fazendo com nossas crianças?
    Ou elas sofrem ou praticam violências?
    Temos liberdade de ir e vir?
    Desta vez não estou participando, só dando uma olhadinha.
    Beijos

    A verdade Jeanne é que nada estamos fazendo por nossas crianças e muitas delas estão se tornando verdadeiros monstros, pelo simples fato de serem abandonadas, ignoradas, pelos pais, pelo estado, pela sociedade que finge que eles inexistem até que algo assim ocorra, aí os vemos muito bem, muito mais do que gostariamos… bjs

  6. Dessa vez é mais curto que o da Blogagem anterior, mas passa exatamente a mensagem que quero:

    http://veines-noires.org/arquivos/2007/09/sete-de-setembro/

    Abraços e aguardo a próxima blogagem coletiva 😉

    oi querida, que bom contar com sua participação novamente… bjs

  7. Denise

    Eu só tenho uma afirmação a fazer:
    “NÓS SOMOS FILHOS DA LUZ E NÃO DAS TREVAS”
    tá ficando cada vez mais escuro…
    será que ninguém enxerga isso???

    JO 12:35 Disse-lhes então Jesus: Ainda por um pouco de tempo a luz está entre vós. Andai enquanto tendes a luz, para que as trevas não vos apanhem; pois quem anda nas trevas não sabe para onde vai.
    JO 12:36 Enquanto tendes a luz, crede na luz, para que vos torneis filhos da luz.

  8. Oi Veridiana, pode atualizar, acabei de colocar meu post da blogagem no ar. Estava no centro da cidade (Nova Friburgo), acompanhando o desfile do pessoal do Conseg, protestando contra a violência na cidade.
    Um beijão e parabéns pela blogagem.

    meu amigo excelente texto, o problema no Rio foi que deixamos, fingimos durante muito tempo que a situação ia mudar, antes tivesse sido feito igual está sendo aí, e vc que vive hora aí, hora aqui sabe bem como a situação fica quando tudo desanda …. []s

  9. Oi Veridiana

    Podemos mudar nosso país para melhor e
    deixar algo de bom para o futuro, se cada um fizer a sua parte começando em casa pela educação dos nossos filhos.
    Parabéns pela reflexão justamente nessa data.
    Podes atualizar!
    bjs.

    realmente que pátria é essa? que políticops são esses e acima de tudo que povo é esse que grita Brasil e se enrola na bandeira na hora do gol, mas não luta pela bandeira, por seus direitos e pela nação como um todo? … []s

  10. Olá.
    Fiz meu post sobre isso no meu blog:http://blogdex-alinedex.blogspot.com/2007/09/independncia-ou-morte.html
    Beijos,Aline

    oi Aline, concordo com o comentário do Fábio, com as suas palavras qdo diz que o seu protesto são as suas palavras e não conhecia o código moral, excelente… bjs

  11. Ronald

    Nobre Veridiana, antes de mais nada, obrigado pelo convite à blogagem, só assim que se aprende. Eu grito pela independecia do povo, eu você e tantos outros nesse imenso Brasil…Aceite, de coração, um abraço daqueles que quebram as costelas… Seu Amigo aqui da fronteira…. Bjs

    Muito bom poder conhecer pessoas assim como você e juntos tentar da forma que podemos manifestar a nossa indignação, anseios e desejos… []s da sua amiga da cidade que um dia já foi maravilhosa …

  12. Já tô participando, Veridiana. Três blogagens em uma só! Confira em http://www.patriciahaddad.com/?p=363


    Pati quando eu tinha passado no blog a primeira vez não tinha o texto… agora voltei e vi completo, enquanto as pessoas continuarem fingindo que tudo vai mais ou menos bem por aqui, creio que ainda terá que piorar muito para que ocorra mudanças, e isso muito me preocupa…bela blogagem 3-em-1… bjs

  13. Os números assustam..

    Se os que são chamados “futuro do país” continuarem a fazer parte de estatisticas tão tristes, esse futuro estará seriamente comprometido…

    Educação é o principal meio pra se resolver isso…

    Cada um fazendo sua parte, seja participando de um movimento ou blogando coletivamente,,,

    Parabéns e desculpe não ter participado..

    Um beijo

    Chawca participou dando mostrando sua opinião, visitam os blogs e comentando… isso também é participar da blogagem coletiva… bjs

  14. Denise

    Veri, achei ótima a sugestão do Adão Braga para a próxima blogagem coletiva:

    “Você conhece um político que valha a pena confiar e depositar esperança?”

    bjus

    realmente uma ótima idéia e eu teria que pesquisar muito para indicar algum … hehehe

  15. Parabéns pelo post, mas esses dados são assutadores. É triste a realidade do Brasil…

    Arrasou!!!!

    Abraços

    Oi Gabi, bom conhecer o seu espaço e eu acho que se os políticos realmente lessem e entendessem o que está escrito nos ministérios, o nosso país estaria indo de um encontro a um futuro melhor para toda a população, uma pena que tudo e todos somos ignorados … bela blogagem … bjs

  16. Boa noite Veridiana

    Estou dando minha contribuição, gostaria de poder fazer mais, mas infelizmente tive problemas técnicos.
    Se não fosse insistir agora quando acabo de chegar em casa acabaria não publicando o que já havia escrito antes.
    Fico feliz de poder participar.

    Grande abraço

    André Neves

    André o que mais me preocupa e entristece é saber que é real a frase com que fechou o texto: “Em meio ao caos estamos caminhando para o lado errado” []s

  17. Veridiana,
    Parabéns pela iniciativa da blogagem coletiva.
    Infelizmente ainda somos uma minoria, mas o começo é assim.
    Eu ainda acredito que nosso país irá mudar para melhor…
    abs

    Paulo obrigada por participar, eu concordo com vc somos minoria, mas não vamos nos calar como a grande maioria … você disse tudo em seu texto, “qual o motivo da comemoração?”… []’s

  18. Oi !

    Com meu velho hábito de chegar atrasado, fiz meu post hoje. Um post um pouco diferente, talvez, espero que goste.

    http://cidadaocarioca.blogspot.com/2007/09/blogagem-coletiva-independencia.html

    []’s

    Oi Dennes, irei colocar a sua sugestão lá no blog e no ano que vem irei verificar qual foi o progresso… essa blogagem do Indepenência – quando? Morte – Basta! originou no 30&Alguns, a Eu exijo ordem e progresso tb, a Queimando o filme no Cronicanet e a Independência no Rapensando… []s

  19. Veridiana,

    Vi, claro, o seu convite para participar da blogagem coletiva, acontece que, de repente, fiquei sem tempo para preparar um texto, ao menos razoável. Desculpe, não foi esnobismo.
    Agora, a sua abordagem do assunto é perfeita. Não podemos pensar em indepência, enquanto tivermos gente morrendo em filas de hospital, crianças morrendo de fome, por falta de comida para o estômago e de saber para a mente, pais de família sem emprego e mães tendo de abandonar suas casas, em busca de sustento para os filhos.
    Nas próximas, espero que não me deixe de fora, ok?
    Um beijo e tenha um bom domingo.

    Ernâni, imagina, não existe isso de deixar de fora, sempre todos os blogueiros são bem vindos nessas iniciativas em que mostramos os nossos pontos de vista e ao comentar você já participa da blogagem… uma boa semana … bj

  20. Só pelo fato de ter a oportunidade de ver como pensam e escrevem as pessoas indignadas já vale a participação.

    Não sabemos qual será o resultado deste movimento da blogagem coletiva, no entanto já dizia Joseph Goebbels: “Uma mentira contada mil vezes, torna-se verdade”.
    Quem sabe se “mentira” de um Brasil justo for contada mil vezes não torna-se verdade?

    Grande abraço e não desista nunca. Contamos com suas iniciativas em busca de reflexões.

    Parabéns pelo ótimo texto. Boa semana.

    Sergio concordo com você, acho qe vale a pena ver o que as pessoas pensam, temos a chance de fazer com que um número maior de pessoas (leitor) leia, se expresse, participe e acredito que não podemos desistir …. boa semana …

  21. Uia… Viajei e meu wordpress me deixou na mão…
    Meus posts agendados foram todos para o beleléu…
    Mas, enfim:
    Ótima campanha – Ótimo post – Você, sempre incrível!
    Com relação aos números, realmente alarmantes.
    Grande abraço!
    🙁

    Pulga, que chato isso, tecnologia não é só maravilha, tem dessas coisas também …. os números são alarmantes, imagina daqui 5 anos se nada for feito…. []s

  22. joão lima

    indepência quando? só vai ter encristo jesus. porque a blibia dis averar guerra e romores de guerra. mais no brasil independência ou democracia só vai aver quando tiver uma reforma politica e politico remover este politico que só fazem leis para beneficia eles mesmo e não á população. ecolocar pessoas que realmente lute pelo povo mais eu acho isto muito difio.

ADD YOUR COMMENT

Mostrar botões
Esconder botões