Amor de novela

Pelo que me recordo, me apaixonei a primeira vez quando tinha cerca de 6 anos de idade, o nome dele era Daniel e ele tinha 5 anos. Eu o adorava, mas ele (filho da amiga da minha mãe) gostava de outra fulaninha e toda vez que íamos até sua casa, meu coraçãozinho, como diz minha afilhadinha, batia forte. Certa vez, eis que surge na janela do carro, Daniel e a fulaninha, juro para vocês (inclusive minha mãe vai saber disso apenas no momento que ler esse post),  meu coração partiu naquele momento e eu fiquei com febre e tinha apenas 6 anos de idade.

Depois me apaixonei aos 9 anos pelo Márcio, nessa época eu mais todas as meninas de 9 anos de idade que estudavam no mesmo colégio éramos apaixonadas  por ele, mas ele gostava da Gabriela, depois acho que gostou da Carolina, que sofrimento. Lembro uma festinha de aniversário de uma amiga, que teve dança da vassoura e ele não aceitava trocar de par, no final, as meninas de 9/10 anos se revoltaram e queriam bater na coitada que era par do galã.

Cansei de me apaixonar e não dar em nada, mas não resisti aos 12 anos e acabei me apaixonando pelo Luciano que nem olhava para mim, e como sofri…

Acredito que as novelas ajudam os pequenos e pré-adolescentes a fantasiarem sobre o que é o amor, como é beijar, dizer que está namorando e principalmente andar de mãos dadas. Pelo menos na minha época, até os 12/13 anos sexo não era o pensamento principal, hoje em dia, li pesquisas que apontam que a faixa etária média das meninas “perderem” a virgindade é 12 anos.

Fico pensando, cá com meus botões, daqui 10 anos estarão transando com 9 anos de idade ou os valores serão reinventados e elas darão mais valor ao sexo apenas após o casamento. Para onde vamos caminhar?

Aos 30&Alguns vejo que muitas vezes ficamos brincando com as crianças que fulano é namorado de fulana, e esquecemos que mesmo novos, eles tem sentimentos e que esses sentimentos são difíceis de entender, a explicação mais correta, é a da minha afilhada de 4 anos, o coração bate forte.

Facebook Comments
Comments
  1. Esta desvolorização dos valores, sejam quais forem, fazem parte de um bem elaborado e intrigado meio de dominação mundial.

  2. Espero ñ ter filhas…

  3. Precisamos respeitar o sentimento dos pequenos e educá-los para amadurecer a afetividade. Tudo tem seu tempo e esta erotização precoce priva a criança de uma parte fundamental na vida: a infância.

  4. Veridiana Serpa

    Mariano » você de volta, que bom, quanto tempo que não passava ou pelo menos não comentava por aqui. bjs

  5. Sempre fico preocupado com questões desse tipo. Não sei como serão minhas reações quando ver minha filhinha com algum pivete”zinho” safado tentando tirar uma casquinha…
    Chega a me dar urticária… 🙂

  6. Que memória. Eu não me lembro nem de quando tinha por volta dos 14 anos, quem dirá dos 6 anos…

    Com a programação da TV de hoje em dia, não vai demorar nada até que crianças nesta idade tenham relações sexuais.
    Principalmente porque muitos pais utilizam a TV como baba.

    Bom final de semana.

  7. Veridiana Serpa

    Sérgio Nascimento » falou tudo, muitos pais utilizam a tv como babá, o que é um absurdo. uma ótima semana para você.

  8. Veridiana Serpa

    Fernando MS – Pulga » hahaha, fico imaginando quando ela aparecer com um “pretendente”em casa quando estiver adolescente… bjs e uma ótima semana. 😉

  9. Veridiana Serpa

    Renato Ferreira » tem razão…

  10. Veridiana Serpa

    Adao Braga » de quem?

ADD YOUR COMMENT

Mostrar botões
Esconder botões