Alguns produtos do nosso dia-a-dia com origem bem estranha

Alguns produtos do nosso dia-a-dia com origem bem estranha

Quem realmente para e lê o rótulo de todos os produtos que consume? Quem ao fazer isso, ao deparar-se com algum ítem que desconhece, pesquisa para saber o que está prestes a consumir?

Abaixo, você verá alguns produtos que fazem parte do consumo de muitos de nós ou de nossos familiares e amigos e que não fazemos a menor idéia de alguns dos ingredientes que fazem parte da sua composição, alguns com origem bem estranha.

    1. Red Bull – ao pegar a lata de Red Bull, você notará que um dos ingredientes é  a Taurina (ácido 2-aminoetanosulfónico), um ácido orgânico, contendo enxofre, encontrado na bílis de vacas, e, como a cafeína, é um estimulante de ocorrência natural em mamíferos. A taurina hoje em dia aparece em quase todas as bebidas energéticas disponíveis no mercado.
    2. Molho pronto para salada – imagine como ficará a aparência de alguns vegetais deixados apodrecendo ao sol, quente e úmido durante uns dias. Imagine a fina camada de  gosma que irá se formar. Isso é goma xantana Gum, um heteropolissacarídeo obtido a partir da fermentação de amido de milho com a bactéria Xanthomonas campestris que sintetiza a goma para evitar sua desidratação. Além de aparecer em praticamente tudo, é um ingrediente comum em molho de salada, suas propriedades químicas únicas tornam-no um aditivo perfeito para qualquer coisa que precisa ser grossa, cremosa e oleosa.
    3. Queijo – feito a partir do leite de vacas, cabras, ovelhas, búfalas e/ou outros mamíferos. Como um derivado do leite, o queijo é dívida com a velocidade de reações químicas. E no mundo de reações químicas, as enzimas são os traficantes de drogas, especificamente, uma enzima conhecida como Coalho (quimosina) usada para transformar o leite fino e aquoso (coalhada ou soro). – O coalho ocorre naturalmente nos estômagos das vacas e outros mamíferos, assim, seus estômagos são moídos e misturados com leite para produzir uma variedade de queijos. Vale saliente que há um punhado de queijos produzidos com substitutos artificiais de coalho.
    4. Jujubas – essas balas são feitas a partir da goma-laca, uma resina secretada pelo inseto Kerria lacca, encontrado jujubanas florestas da Índia e Tailândia, e essa goma é o que dá as jujubas a cor brilhante e a casca crocante no exterior. Isso e bastante açúcar, puro caramelizado.
    5. IEDs – O infame IED (dispositivo explosivo improvisado) tornou-se notória ferramenta de insurgentes e terroristas, muitos são compostos de nitrato de uréia, que é quase tão destrutivo como o nitrato de amônio mais comumente empregado.  – A uréia é um produto químico que ocorre naturalmente na urina humana. Combine uréia destilada com um fertilizante poderoso (o nitrato no nome) e você terá um explosivo.
    6. Sabor: Vanilla & framboesa – é aromatizado especificamente pelo castóreo, uma secreção oleosa glandular do ânus do castor, que este animal usa para se impermeabilizar, engordurando sua pelagem. O castóreo é  extraído e utilizado por empresas em uma variedade de produtos.
    7. Bagels – um dos ingredientes utilizados na sua fabricação é a A L-cisteína que pode ser produzida comercialmente a partir da proteólise em cabelo humano, penas e pêlos suínos. A L-cisteína é um ingrediente comum em massa de pão, um ácido amino de ocorrência natural que, quando adicionado à massa, faz um pão maravilhoso.  – O problema é que a fonte mais abundante e barata dessa  proteína é o cabelo humano, em grande parte provenientes da China. Um substituto foi encontrado recentemente, até 80% de L-cisteína que você consome não vem de cabelo humano, e sim de 100% de penas de pato.
    8. Perfume caro – utilizam uma matéria-prima rara: o ambergris (vômito de baleia), esse “ouro flutuante”, é usado na produção de perfume para impedir a sua rápida evaporação. Esta substância foi, durante anos, utilizado na produção dos melhores perfumes e tem sido amplamente substituída por produtos sintéticos.
    9. Creme para a pele – muitos são feito0s com óleos que exalam dos poros das ovelhas. sabe como o seu cabelo fica oleoso quando você fica dias sem tomar banho? Agora imagine ficar sem tomar banho a sua vida inteira e ter o cabelo crescendo constantemente. Essa sensação, oleosa nojenta que você sente agora é causada pela lanolina, que se acumula no cabelo quando não  é lavado, devido a excreções da glândula sebácea. Ovelhas produzem uma quantidade nauseante desta substância, que é convenientemente colhida e revendida como base para muitos cremes cosméticos, bem como um lubrificante resistente à água.

Via.

Facebook Comments

2 comentários

  1. Já que o assunto é isto, já tentou saber de onde vem o produto da Gelatina?

    Se fossemos nos preocupar e deixar de comer e beber e vestir por causa da origem… ai, ai. Você não comeria pão, nem salsicha, nem chuparia picolé, nem sorvete, nem comeria uma quantidade de alimentos…

    Tem gente neste mundo que come e ama comer ovos podres. Almocei numa casa, em que o prato especial, era carne apodrecida. A pior da noticia? Só me avisaram depois que eu havia colocado a carne na boca!

  2. Concordo plenamente, se formos atentar pra tudo, vamos morrer de fome, ou não…
    só sei q não tenho a mínima intenção de virar vegetariana….rsrsrs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *