A dor do Adeus a um amor

A dor do Adeus a um amor

A primeira vez que alguém que eu conhecia perdeu um grande amor, eu tinha 17 anos, fazia intercâmbio e recebi uma carta de uma amiga, que partiu meu coração, não consegui imaginar a dor que ela devia estar sentindo ao perder o seu amor, iam casar, ele foi de moto logo alí, não usou capacete, sofreu um acidente e faleceu.

No mesmo ano fiquei sabendo que uma tia havia reencontrado um amor da adolescência, estavam felizes, tinham planos de casar e assim, do nada, ele teve um infarte e faleceu.

Ontem, novamente a história se repetiu, um amigo que estava muito feliz com seu amor como a muito tempo eu não via, iam “juntar os trapos” na semana que vem  e assim, do nada, recebeu a notícia do falecimento,  ataque cardíaco.

Como um coração tão cheio de amor pode parar de bater? Como um coração tão feliz pode trair aquele que o carrega no peito?

Não consigo imaginar a dor da perda de um amor, não consigo, compreender ter que dizer Adeus a todos os sonhos de uma vida juntos e felizes, de um futuro em família …

Aos 30&Alguns dói demais ver a dor daqueles que amamos e só me resta deixá-lo saber que estou aqui, não entendo a dor e por mais que queira, não tenho como consolá-lo, mas o pouco que posso dar, espero que seja o suficiente caso venha a precisar, a minha amizade e o meu abraço amigo.

Facebook Comments

2 comentários

  1. As perdas são inevitáveis, mas a dor é inconsolável…

  2. Que lindo amiga, que lindo. Tô muito triste, triste mesmo, mas eu vou conseguir lidar melhor com isso tudo. Te amo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.