66% dos adúlteros aproveitam festas de final de ano do trabalho para trair

66% dos adúlteros aproveitam festas de final de ano do trabalho para trair

O Natal está chegando, o que significa que as festas de final de ano estão a todo vapor. Mas ninguém quer ser aquela pessoa que tem muitas gemadas derramadas e que faz algo constrangedor na frente dos colegas de trabalho, ou pior, do seu chefe. Apesar de muitas historinhas da carochinha em torno de misturar negócios com prazer, este ano, dois terços dos adúlteros aproveitarão a festa de fim de ano da empresa para ter um caso com um colega de trabalho.

Ashley Madison entrevistou mais de 1.600 usuários para descobrir se eles já foram “mais do que amigáveis” com seus colegas de emprego. Perguntando especificamente sobre festas de final de ano, 17% disseram que tiveram um caso com um colega de trabalho nesta ocasião, dos quais 61% disseram que foram pegos. O que compele essas pessoas (68%) a trair em uma festa de fim de ano é elas são mais propensas a ter um caso porque seu cônjuge simplesmente não está na festa.

Com 69% dizendo que trabalhar com um colega durante todo o dia pode fazer surgir uma atração e com 37% dizendo que já são atraídos por alguém com quem trabalham atualmente é um convite para que as coisas deem errado. Então deixar seu cônjuge em casa abre as portas para um comportamento extraconjugal? Bem, para 39% dos entrevistados é o que acontece. Os adúlteros dizem que, se tivessem um caso com um colega em uma festa de fim de ano, seria porque o cônjuge não estaria com eles. Pois nem todas as festas de fim de ano estendem o convite para ‘mais um’, dando aos adúlteros a oportunidade de dar em cima de em um colega pelo qual eles se sentem atraídos.

“Não seja clichê. Você não quer ser aquela pessoa que acaba no Instagram de alguém ou no feed do Facebook pego em flagrante na festa de Natal do escritório com seu chefe ou colega de trabalho”, afirma a Dra. Tammy Nelson, terapeuta de sexo e relacionamentos e autora do livro The New Monogamy: Redefining Your Relationship After Infidelity. “Veja quanto você bebe e vá embora se você se sentir desconfortável. E não deixe que uma atração temporária desencadeada por festividades no local de trabalho se transforme em um erro permanente. Casos no escritório podem ser mais do que apenas um problema em sua carreira. Eles podem ser uma violação total dos limites e até mesmo te configurar em questões legais posteriormente. Não importa de que lado você está – o paquerador ou o paquerado – abaixe a gemada e chame um Uber ou simplesmente sente-se um pouco para acalmar os ânimos”.

No clima atual, os departamentos de RH são obrigados a ser mais diligentes e conscientes quando se trata de monitorar o comportamento inadequado entre os funcionários. Passar tempo com alguém o dia todo, todos os dias, é uma receita para começar a ter seus sentimentos aflorados. E tentar evitar passar tempo com alguém no escritório pode ser algo difícil de se realizar. Sem mencionar que colegas podem facilmente perceber a química ou a tensão entre duas pessoas e suspeitar que algo está acontecendo entre elas.

“Os affairs precisam ser discretos, e envolver-se em um relacionamento extraconjugal com um colega de trabalho é uma maneira difícil de manter ele secreto”, afirma Isabella Mise, diretora de comunicações da Ashley Madison. “Recomendamos que, para aqueles que querem dar uma escapulida de seu casamento, o façam fora de seus círculos profissionais, mesmo que a festa de Natal pareça um bom momento para se libertar”.

* Pesquisa com 1.694 usuários da Ashley Madison entre 27 de novembro de 2018 e 30 de novembro de 2018.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.