6 empresas fundadas por mulheres e que ninguém imagina

6 empresas fundadas por mulheres e que ninguém imagina

1. Cisco-Co – Sandra Lerner foi a co-fundadora juntamente com o seu ex marido Len Bosack. Quando o casal percebeu que não conseguiam trocar e-mails estando em escritórios em prédios diferentes enquanto trabalhavam juntos na Universidade de Stanford, fez com que o desejo de Lerner em se conectar com seu namorado fizesse com que ela entrasse de cabeça para projetar o multi- protocolo router, a plataforma Cisco lançada em 1984.

Sandra saiu da empresa em 1990, com U$170 milhões com a venda das suas ações. Em seguida criou a Urban Decay, uma empresa de cosméticos, e hoje tem uma fazenda orgânica na Virginia (EUA).

Flickr – co-fundada por Caterina Fake, aos 35 anos, tendo trabalhado como diretora de arte da Salon.com, fundou o popular site de compartilhamento de fotos Flickr, em 2002, que era na verdade um desdobramento de um jogo que ela estava desenvolvendo com Stewart Butterfield, seu marido na época. O jogo foi um fracasso, mas a tecnologia de compartilhamento de fotos projetada pelo casal foi um sucesso.

Em 2005, Fake e Butterfield venderam o Flickr para o Yahoo por US$35 milhões em dinheiro e ações. Desde então, é co-fundadora do site Hunch, que faz recomendações com base nas preferências detalhadas do usuário e foi nomeada para o conselho de diretores da Etsy.

Liquid Paper – foi idéia da secretária-executiva Bette Nesmith Graham, que na década de 1950 começou a usar o branco, uma tinta têmpera à base de água e um pincel fino para cobrir seus erros de digitação. Vendeu a primeira garrafa, originalmente chamada de Mistake Out, em 1956. Mais tarde patenteou o produto rebatizando de Liquid Paper.

Depois de começar vendendo 100 garrafas por mês, passou a vender 25 milhões de garrafas por ano, quando vendeua empresa por US$47,5 milhões em 1979. Bette faleceu seis meses depois, aos 56 anos.

Bette era mãe de Mike Nesmith do The Monkees.

The Body Shop – Anita Roddick começou a The Body Shop em 1976 na Inglaterra como meio de subsistência para ela e suas duas filhas, enquanto seu marido viajava pelo mundo.

O conceito pegou e em seis meses ela abriu uma segunda loja e logo lançou o programa de franquia The Body Shop, abrindo lojas em diferentes partes do mundo.

A empresa ficou pública em 1984 e em 2006, 30 anos após sua fundação, Roddick vendeu a The Body Shop para a L’Oréal por US$1,4 bilhão. Hoje, existem mais de 2.500 lojas em 61 países.

ProActiv – Co-fundada por Katie Rodan e Kathy Fields,  colegas estudantes de dermatologia na Universidade de Stanford, quando resolveram encontrar um tratamento melhor para a acne. Depois de iniciarem suas carreiras separadamente, a dupla percebeu os problemas que a acne causavam para pessoas de todas as idades. A constatação levou-as a começarem a trabalhar em uma nova forma de tratar as manchas faciais. Ao longo de um período de cinco anos, desenvolveram o Proactiv Solution, que combina medicina com calmante botânico para criar um sistema de combate a acne projetado para deixar a pele lisa, limpa e clara.
O produto, que encontrou o sucesso através de infomerciais de 30 minutos na televisão, tornou-se o medicamento mais vendido contra acne nos EUA.

PC Connection – co-fundada por Patricia Gallup e David Hall  em 1982, quando ambos viram uma oportunidade de negócio significativo na indústria emergente de computador pessoal, usando suas economias a dupla comprou US$8.000 de inventário para o negócio e colocou um pequeno anúncio na revista Byte. Esse foi o pontapé inicial para a empresa que arrecadou mais de US$1 bilhão em vendas em 1999.

A empresa ficou pública em 1998 e atualmente é negociada na Nasdaq. Patricia continua a ser a presidenta da PC Connection, tem aparecido na lista da revista Fortune na lista dos melhores jovens empreendedores e por três anos foi nomeada para a lista Top 50 mulheres proprietárias de empresas nos Estados Unidos.

Via.

Facebook Comments
Comments
  1. Denise Serpa

    parabéns a todas essas incríveis mulheres!

ADD YOUR COMMENT

Mostrar botões
Esconder botões