Sete ações para divulgar seu evento e vender mais inscrições

Seja o seu evento uma conferência, um meet-up, um demo day, um hackaton, um encontro sobre redes sociais etc., a promoção é peça chave para ativar o processo de inscrições ou vendas e atrair o maior número de participantes possível.

Ao iniciar um plano de divulgação, é preciso levar em consideração o público que já participou de seu evento e as pessoas que ainda não conhecem sua marca.

Assim, o ideal é você elaborar um plano sólido de comunicação, capaz de atingir os possíveis participantes diversas vezes, em diversos canais, com conteúdos diferentes mas sempre reforçando a mesma mensagem. Veja abaixo cinco ações, listadas pela Eventioz/ Eventbrite Brasil que você pode realizar para atingir seus objetivos.

1 – Faça um press release com um descritivo, principais atrações, aspas do organizador em relação aos seus objetivos e expectativas, orientações para inscrições e informações de serviço (onde, quando, quanto etc.). O release é a fonte de informação oficial para sites, blogs, jornais, revistas, TV etc. Após elaborá-lo, seja você, uma empresa ou profissional de comunicação, o próximo passo é definir quais os veículos voltados para o seu público para enviar o material, veículos de alcance maior, veículos locais e outros focados em nichos. Não se esqueça de colocar os dados para contato caso o interessado queira lhe contatar.

2. Ative os palestrantes, juízes, mestres de cerimônia, etc, eles formam um time de pessoas influentes que possuem um número alto de seguidores nas redes sociais e, provavelmente, uma boa base de e-mail. Crie um relacionamento com eles ainda na fase de planejamento e convite de seu evento. Após fechar a contratação, peça para que divulguem o evento em suas contas nas redes sociais, convidem os seus seguidores para participar, falem sobre o evento, espalhem o conteúdo, divulguem promoções etc. Tudo isso fomenta o buzz em relação ao acontecimento ao mesmo tempo que mais pessoas ficam sabendo que o seu evento irá acontecer. O mesmo vale para jurados, participantes, investidores, patrocinadores. Invista em sua rede de contatos!

3. Crie um vídeo, já que vídeos são uma das formas mais eficaz para se comunicar online. Ao elaborar seu vídeo, insira imagens de edições anteriores, depoimentos de participantes, palestrantes, imagens do espaço, das atrações etc. Capriche na trilha sonora. Na hora de divulgá-lo o ideal é publicá-lo em sua página na rede social  e também no YouTube. Com o primeiro você atinge seus seguidores no Facebook de forma mais eficaz enquanto utiliza o segundo para ser distribuído em outras redes, como Twitter, LinkedIn, Google+ etc.

Já ouviu falar no hellofood site de delivery?

Posso até estar atrasada, mas apenas recentemente recebi um email falando sobre o hellofood e achei o serviço bem interessante, um site denominado com o maior e mais completo serviço de entrega delivery de comida do Brasil com uma seleção de restaurantes na sua região.

hellofood

Fácil de usar, basta informar o seu CEP e confirmar a rua que em segundas aparecem várias opções de restaurantes que entregam na sua residência. Gostei da idéia, porque acabei descobrindo vários restaurantes que eu não conhecia e notei que é muito maior do que eu imagina a lista de locais que entregam aqui na minha região.

Com o Hellofood, você escolhe o restaurante, faz o pedido online e segundo a empresa eles entregam, e as opções de comida e culinárias são bem variadas e diferentes como o Subway, a Domino’s Pizza, Lig Lig, Giraffas Delivery, dentre muitos. Com a maior seleção de restaurantes com entrega delivery, presentes em várias cidades e na maioria das capitais brasileiras, seja comida japonesa (temakerias e sushi bars), chinesa, rápida, mexicana, pizza, etc. Uma forma de pedir comida em casa com comodidade e conveniência.

Contra a gripe, seu escudo é a vacinação

Tendo um filho de 4 anos, esse ano já fizemos nossa parte, meu filho já foi devidamente vacinado no posto de saúde aqui do bairro.

Se você ainda não vacinou o seu filho ou se faz parte ou conhece alguém que faça parte do grupo prioritário, a quem a vacina é destinada, não esqueça de ir ao posto de saúde mais próximo.

Desde o dia 04 de maio de 2015 teve início, em todo o território nacional,  a Campanha de Vacinação contra a Gripe onde o governo disponibilizou mais de 54 milhões de doses da vacina para garantir a vacinação de cerca de 49,7 milhões de pessoas. 

A vacina tem como objetivo proteger a população contra os três subtipos do vírus da gripe: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B. 


Do que é composta essa vacina?
A vacina traz em sua composição os vírus que mais circularam no mundo e é fundamental para reduzir as complicações e óbitos causados pela gripe. 

A segurança e a utilização do Internet banking

Você sabia que Internet banking é o principal alvo de ataque de cibercriminosos no Brasil?

Segundo uma análise “CPL malware no Brasil: Entre trojans bancários e e-mails maliciosos” realizada pela equipe de especialistas do Laboratório da ESET, empresa fornecedora de soluções de segurança da informação , uma em cada dez ameaças detectadas no país correspondem a trojans (Cavalo de Troia) bancários no país e os cibercriminosos utilizam um tipo especial de arquivos executáveis, os CPL (Control Panel Application), para propagar ameaças e infelizmente essa tendência tem evoluído nos últimos anos.

Por isso devemos prestar muita atenção ao acessar o internet banking, pois para conseguir que as vítimas executem os arquivos maliciosos e tenham suas máquinas infectadas, cibercriminosos utilizam e-mails falsos,  ou seja, documentos como um orçamento, fatura ou recibo; informações uma dívida ou situação bancária; boleto bancário ou Nota Fiscal Eletrônica ou supostas fotos, vídeos e arquivos multimídia como principal via de propagação. Assim fazem os usuários acreditarem que o anexo na mensagem é um documento com informação útil.

O problema é que uma vez que o usuário clique nesse anexo enviado via email, o trojan bancário é executado no computador, um cavalo de troia é descarregado de algum servidor e a URL se encontra com o CPL, em formato de texto simples ou criptografado. A partir desse momento, o trojan busca uma forma de persistir no sistema infectado e, em seguida, começa a coleta de dados bancários da vítima. Se as credenciais de acesso estiverem disponíveis, screenshots ou qualquer outra informação bancária serão enviadas para o cibercriminoso.

Como usar Hashtags para obter mais exposição nas mídias sociais

Tenho notado que muitas pessoas tentam usar as hashtags sem saberem nem mesmo para que servem. É muito comum, por exemplo no Facebook, ver pessoas escrevendo um post e no final colocando #estou#muito#cansado (??????), ou #hojeodiafoimuitodifícil. As hashtags são simplesmente palavras-chave ou frases curtas que você adiciona as suas atualizações com um sinal # antes delas, caso utilize mais de uma palavra, é necessário haver espaço entra elas para que a hashtag funcione e assim quando as pessoas a verem, poderem clicar sobre para visualizarem mais atualizações sobre aquele tópico/palavra/frase específica.

E foi então que me deparei com esse texto em inglês no sumAll, “How to Use Hashtags to Get More Exposure on Social Media” e fiz uma adaptação tentando ajudar as pessoas a entenderem melhor o que são e para que servem as hashtags.

Originalmente ganharam popularidade no Twitter, mas desde então se espalharam para outras redes sociais, incluindo Facebook, Google+, Instagram e Pinterest. Com exceção do Google+, que avalia a sua atualização de status e adiciona uma hashtag caso você não o faça, nas outras redes sociais você tem que pesquisar as melhores palavras-chave para adicionar como hashtags nas suas atualizações. Caso você não saiba quais palavras se enquadram melhor, pode postar primeiro no Google+ e utilizar as hashtags sugeridas por lá.

Se você tem um negócio e quer utilizar hashtags para alcançar seu público alvo, o primeiro passo é verificar o que seus concorrentes estão usando,  como eles fazem que ocorra o engajamento social (tweets, gosta, ações, comentários, etc.), assim saberá se uma hashtag é particularmente útil.

f23a3b9a511da0324ff0a6e2f382a105a61c50dacd4a37d11a